Estou sendo explorada?

Uma colega me faz essa pergunta. Conta que tem um grau de doutora e, por qualquer motivo, resolveu se dedicar à tradução em vez de à profissão em que se havia doutorado. Diz que recebe entre R$ 0,03 e R$ 0,04 por palavra da agência para que trabalha.

Pergunta se está sendo explorada.

Não gosto da palavra explorada neste sentido e não vou mais usar aqui. Mas sempre há algumas coisas que posso dizer à colega.

Comecemos dizendo que o fato de ela ser doutora não diz nada sobre a qualidade de sua tradução. Tradução é como pudim: precisa provar para saber se está bom – e eu não vi a tradução dela. Aliás, nem tenho como ver.

Por outro lado, a faixa citada é a mais baixa que as agências pagam. Portanto, se você está nessa faixa, ou precisa melhorar a qualidade de sua tradução ou procurar clientes que paguem melhor.

EN→PTBR |Tradutor profissional desde 1970.


Sem comentarios em "Estou sendo explorada?"


    O que achou do artigo? Deixe seu comentário.

    Pode publicar em html também