Intermediação e intermediários

Continuando a conversa de ontem, não acho a situação do intermediário nada fácil. Intermediários sempre correm o risco de que o tradutor atrase ou simplesmente suma sem entregar o serviço. Aparece, depois, rabo entre as pernas, com mil desculpas, mas as desculpas não resolvem nada. Outras vezes, o tradutor apresenta um lixo enorme, muitas vezes com trechos por traduzir. Também tem os que pegam serviços de intermediários e repassam a colegas menos experientes, evidentemente retendo uma fatia do preço. A coisa pode se complicar e o tradutor mesmo, de fato, o cara que “fez”, pode estar no quarto subsolo do prédio, se me faço claro. Aí, quando estoura, é sempre na mão do intermediário. E haja sorriso amarelo para se entender com o cliente. Espera-se que o intermediário escolha bem com quem vai trabalhar e corra os riscos associados à sua escolha. A Grande Empresa S/A não quer saber se o Trasíbulo Tradutor Trapaceiro fez besteira: tudo o que eles querem é uma tradução de qualidade na data prometida e o responsável por isso é o fornecedor deles, a saber o Intermediário. Só isso. Quer dizer, precisa escolher com cuidado.

Por outro lado, a questão do pagamento pode chegar a ser um problema maior. Vamos por partes. Como disse ontem, um dos motivos pelos quais alguém aceita intermediar um serviço é para impedir que a Gande Empresa S/A entre em contato com algum outro tradutor – eventualmente até o tradutor que acabou fazendo o serviço. Sendo assim, não se espera, aliás, não se admite que o tradutor entre em contato direto com a Grande Empresa S/A: o cliente do Tradutor é Intermediário. É, mas quando chega na hora de pagar, o Intermediário avisa que só pode pagar quando receber do cliente. Quer dizer, aí, o Intermediário deixa de ser o Cliente e o cliente passa a ser o Cliente, se me faço claro. Mas não está certo. Essa troca de posições quando as coisas dão errado é ilegal e imoral.

Volto amanhã ao assunto. Antes de encerrar o expediente blogueiro de hoje, queria falar sobre mais umas coisinhas.

EN→PTBR |Tradutor profissional desde 1970.


Sem comentarios em "Intermediação e intermediários"


    O que achou do artigo? Deixe seu comentário.

    Pode publicar em html também