Resposta: que é “memória de tradução”.

Colega, em comentário, pergunta o que é “memória de tradução”.

Memória de tradução tem dois significados.

  1. Um repositório pesquisável (a) das traduções que fizemos usando um programa apropriado e (b) de outras traduções convertidas para o formato apropriado pelo uso de um programa especial, num processo que se chama alinhamento. Esse repositório é o que o pessoal da lingüística de corpus chama corpus paralelo.
  2. Um programa que, entre outras coisas, cria esses repositórios e vai adicionando a eles material à medida que vamos traduzindo e, ao mesmo tempo, automaticamente consulta esses repositórios em busca de informações úteis para o tradutor.

O meu repositório, tem mais de 10 milhões de palavras. Imagine o tesouro que tenho para fins de pesquisa.

O programa mais conhecido desse tipo é o Trados, mas eu, e muita gente mais, acha que a popularidade do Trados é mais fruto do bom marketing do que da qualidade de programa. A meu ver, o Wordfast é muito superior e, ainda a meu ver, é saber usar programas de memória de tradução, principalmente Trados e Wordfast, é tão absolutamente essencial para o tradutor quanto saber usar um estetoscópio é essencial para o médico. Acho extraordinário, inclusive, que uma escola superior conceda diplomas de tradutor a alguém sem lhe ensinar a usar essas coisas.

Antes que me esqueça, duas informações importantes: primeira, que quando você usa programa de memória de tradução, é você quem traduz, não o programa. O programa busca e oferece sugestões, mas não traduz nada; segunda que Trados, Wordfast, DéjàVu e seus concorrentes fazem muito mais que gerenciar memórias de tradução.

Por fim, para dar um exemplo extremo, mas por isso abrangente, e que vai responder muitas perguntas antes que sejam feitas: se eu soubesse russo e fosse traduzir Guerra e paz para o português, certamente usaria um programa de memória de tradução.

Amanhã tem mais.

EN→PTBR |Tradutor profissional desde 1970.


2 Comentarios em "Resposta: que é "memória de tradução"."

  • Anonymous
    07/02/2007 (1:08 pm)
    Responder

    Estou utilizando o Wordfast v.3.35x há uns dois ou três meses. Por favor, fale mais deste tal alinhamento. Dê mais detalhes (passo-a-passo), pois não tenho muito conhecimento de informática… Costumo deixar o arquivo em Word do original e da tradução em uma pasta. Acho que este modo de alinhamento seria mais rápido para criar TMs do que o Alt+F12 que utilizo para importar o segmento de destino. Nubio

  • Anonymous
    02/12/2006 (7:29 pm)
    Responder

    Obrigada, Danilo. Você me convenceua usar esta ferramenta.
    Stella


O que achou do artigo? Deixe seu comentário.

Pode publicar em html também