Roubaram seu cliente?

De vez em quando, o cliente de algum colega nos procura. Isso é normal. Afinal, o cliente tem o direito de procurar o tradutor que quiser, da mesma forma que você muda de médico ou de mecânico na hora que bem entende. Trate esse cliente do mesmo modo que você trataria se ele tivesse saído do nada.

Parece contrário à ética profissional Então, me responda o seguinte: você está em tratamento médico com o Dr. X e, lá pelas tantas, resolve mudar de médico e consultar o Dr. Y. O que você diria se o Dr. Y se negasse a atender alegando que não pode roubar cliente de colega?

Isso não significa que você tenha o direito de copiar o caderno de endereços de seu colega e abordar os clientes dele, oferecendo um desconto. Concorrência é uma coisa, pirataria é outra.
Agora, se o cliente do seu colega vier procurar você, o seu colega pode não vai gostar, mas isso também é outra coisa e prova de imaturidade profissional. Lembre-se de que um cliente só vai procurar um novo fornecedor se estiver insatisfeito com o fornecedor atual e fique em paz com sua própria consciência, como eu estou com a minha.

Por outro lado, se um cliente seu passar a procurar um de seus colegas, nem por isso considere o colega seu inimigo. Faz parte da vida.

Antes que eu me esqueça, já perdi mais de um cliente para colegas e já ganhei mais de um cliente deles – e nunca deixei que isso prejudicasse a amizade que nos une.

Amanhã tem mais. Obrigado pela visita.

EN→PTBR |Tradutor profissional desde 1970.


Sem comentarios em "Roubaram seu cliente?"


    O que achou do artigo? Deixe seu comentário.

    Pode publicar em html também