Tópicos campeões de audiência

Tenho um serviço que me diz de onde vem cada pessoa que visita este blog. Não diz quem é, não me dá o e-mail, mas diz como veio parar aqui. Grande parte das vezes, as visitas vêm de uma pesquisa no Google. Muitas das pesquisas não têm nada que ver com o assunto do blog: o visitante veio parar aqui por mera imperícia no trato com o Google. Espero que você, que se dedica ou quer se dedicar à tradução como profissional, tenha investido meia horinha para aprender a fazer pesquisas no Google direitinho.

Entre as visitas que têm alguma relação com tradução, as “campeãs de audiência” são diversas misturas de lauda, RPA, nota fiscal, recibo simples, frila, preço e tradução. Dá o que pensar.
A famigerada lauda (que eu abandonei, sem arrependimentos, no século passado) é ainda uma unidade muito usada para medir trabalho de tradução, mas o tanto de perguntas confirma que há muita incerteza sobre o que possa ser o raio da lauda. Por isso, antes de cotar um preço por lauda é bom perguntar ao cliente que definição de lauda ele usa.

As pesquisas sobre RPA, nota fiscal, recibo simples e frila indicam como ainda tem tanta gente insegura sobre o estatuto jurídicos dos profissionais liberais. Há muita gente que acha que existe uma categoria chamada “frila”, livre como os pássaros, que não deve contas ninguém, muito menos à Secretaria da Receita Federal, ao INSS e à Prefeitura Municipal, e mais do que um já se irritou comigo por eu dizer que isso até existe, mas é ilegal e dá problema, como problema dá comprar notas fiscais de outros tradutores.

Preço é outra das preferidas, porque a turma não sabe como cobrar e aceita condições absurdas.
Volta e meia retorno a esses assuntos, aqui e vou continuar voltando. É uma espécie de catequese, embora nem de longe possa dizer que saiba tudo ou esteja sempre certo. Mas sempre alguma luz se lança sobre o caminho.

Esses assuntos têm importância fundamental para todo bom profissional e devem ter para você também, se é ou quer ser profissional da tradução. Uma profissão se cria com bons profissionais, não com uma lei qualquer.

EN→PTBR |Tradutor profissional desde 1970.


Sem comentarios em "Tópicos campeões de audiência"


    O que achou do artigo? Deixe seu comentário.

    Pode publicar em html também