Vida de tradutor

Reduzi a atividade entre natal e ano novo. Mas não foi fácil. Até no dia 30, apareceu um cliente com um pacote para revisar no fim de semana. A idéia era o tradutor traduzir no dia 31 e nós aqui (Vera e eu) revisarmos no dia 1º de janeiro. O tradutor se negou a traduzir antes de terça-feira, o que me poupou o trabalho de me negar a revisar na segunda. O cliente disse I understand, o que quer dizer não gostei, como você sabe. Devo receber o trabalho esta tarde.

Entretanto para tudo há um limite e, como eu sempre digo, a gente tem de aprender a dizer não. Em algum momento, a gente tem de parar e, cada vez mais, com Internet e telefonemas rápidos e baratos, os clientes acham que a gente está disponível dia e noite, 365 dias por ano. É preciso fazer alguma coisa e quem tem que fazer essa “alguma coisa” somos nós. Não é uma excelente resposta.

Agora, é voltar à vida normal, inclusive aos artigos diários para o blog. Aliás, se você tiver alguma sugestão, é só deixar um comentário a este artigo. Amanhã, volto à série sobre trabalho para clientes no exterior.

Um feliz ano novo para você e todos nós. Acho que merecemos.

EN→PTBR |Tradutor profissional desde 1970.


4 Comentarios em "Vida de tradutor"

  • Tânia
    26/12/2011 (10:48 am)
    Responder

    Danilo, adorei a sua mensagem de Natal e como quero mostrar para algumas pessoas, gostaria de ter o seu nome completo.
    Muito obrigada,
    Tânia

    • Danilo
      26/12/2011 (12:18 pm)
      Responder

      Obrigado, Tânia. Meu nome completo é Danilo Nogueira.

  • elisandro
    02/01/2007 (5:51 pm)
    Responder

    Excelente blog! Raríssimo nesta área!
    Obrigado por compartilhar alguns detalhes com a gente.

    Ótimo 2007 pra você!

  • Ieda
    02/01/2007 (3:21 pm)
    Responder

    Que delícia teu site, Danilo. Virei freguesa.
    Posso dar pitacos? (Pitacos de aprendiz, é claro.)
    Ieda


O que achou do artigo? Deixe seu comentário.

Pode publicar em html também